Lago Guaíba passa dos três metros e ameaça alagar Porto Alegre

Lago Guaíba passa dos três metros e ameaça alagar Porto Alegre

COMPARTILHAR

Com alerta de risco de inundar Porto Alegre, o lago Guaíba atingiu, ontem, o nível de 3,17m — 17cm acima do nível de transbordamento e o maior em 56 anos. A capital gaúcha teve o inverno, que se encerrou no final de semana, mais chuvoso dos últimos 62 anos. Comportas que haviam sido fechadas para evitar o alagamento vazaram e funcionários da prefeitura precisaram colocar sacos de areia nas margens para tentar reforçar a contenção da água.

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) informou que a estação meteorológica de Porto Alegre registrou 652,2 milímetros de chuva, valor acima da média de 1991 a 2020, que atingiram 435,5mm. “Sendo assim, o volume de chuva ficou 216,7mm ou cerca de 50% acima média”, informa o Inmet. A Defesa Civil estadual divulgou alerta, no início do dia de ontem, para inundação do lago, com validade de 24 horas.

Em regiões da orla do Guaíba, como no Cais Mauá, a água atingiu as calçadas e cobriu parte do asfalto. Localizado próximo à beira do lago, o Centro de Treinamento (CT) do Parque Gigante, onde treina o Sport Club Internacional, teve parte do complexo alagada. Os campos de futebol foram completamente submersos.

Ao menos 10 pontos de bloqueio total por acúmulo de água foram registrados pela Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) de Porto Alegre. A previsão para as próximas horas é de temporais, descargas elétricas, eventual queda de granizo, fortes ventos e grande quantidade de chuva, que podem chegar a 100mm e causar enchentes e outros danos.