Polícia Civil identifica criação de perfil falso em rede social por estelionatários

Polícia Civil identifica criação de perfil falso em rede social por estelionatários

COMPARTILHAR

Trabalho de Inteligência da Polícia Civil de Mato Grosso do Sul identificou a criação de perfil falso na rede social Instagram que servia para aplicação de crimes de estelionato. O perfil “policiacivil.ms” servia como referência para que golpistas identificassem possíveis vítimas e está relacionado diretamente ao período de pandemia. o perfil já foi retirado do ar.

Os golpistas atuavam de duas formas. A primeira, por meio de contato com hospitais e clínicas, a fim de obter informações de dados cadastrais de pacientes internados para, posteriormente, solicitar depósitos bancários, com a justificativa de comprar materiais e realização de exames de urgência nas pessoas internadas. A necessidade dos “pagamentos extras” estaria atrelada às inúmeras internações decorrentes do Coronavírus.

Este tipo de golpe é uma derivação de crimes ocorridos no Estado, no qual o estelionatário se encontra preso, contudo apresenta as mesmas características, mudando apenas a razão do pedido. A segunda, por meio de encaminhamento de e-mail para vítimas em potencial, com link falso da Delegacia Virtual da PCMS, com imagens falsificadas, solicitando dados pessoais dos supostos comunicantes e/ou vítimas de crimes, para conclusão do registro virtual de ocorrência.

Este crime foi registrado em Nova Andradina e a população local já foi informada da existência da prática desse delito e orientada a não acessar o link, uma vez que a Polícia Civil não solicita a confirmação de dados para conclusão de boletim de ocorrência via e-mail.

Golpes na Internet

Em todo o ano de 2019 foram registradas 3.508 ocorrências dos mais variados delitos, praticados em ambiente cibernético. Este ano, até o mês de abril, existe o registro de 1.189 fatos com as mesmas características. Especificamente quanto aos crimes de estelionato por meio da internet foram registradas 847 ocorrências policiais no ano de 2019, enquanto que nos primeiros quatro meses de 2020, foram noticiados 329 fatos típicos.

Apenas no período referente ao início da quarentena no Mato Grosso do Sul – 16 de março à 20 abril – foram registradas 68 ocorrências de estelionato ocorrido via internet. No mesmo período, em 2019, foram registradas 72 ocorrências. A Polícia Civil alerta a população para que fique atenta à possíveis golpes e adote rotinas que auxiliem na prevenção deste tipo de golpe. Dúvidas sobre o funcionamento da Delegacia Virtual – Devir podem ser esclarecidas pelo telefone 3318-7981.

Com Assessoria