Advogado é vítima de atentado na fronteira Paraguai/Brasil

Advogado é vítima de atentado na fronteira Paraguai/Brasil

COMPARTILHAR
Echeverria suspeita de crime político.

Antônio Coca

Dois homens em uma moto atacaram na noite de ontem o advogado Nestor Echeverria quando ele estava com familiares em frente sua casa, no Assentamento 30 de Janeiro. Os pistoleiros chegaram de forma repentina e um deles sacou uma pistola 9 milímetros atirando contra Echeverria que foi atingido com dois disparos no rosto.

Socorrido e levado ao Hospital Regional de Pedro Juan Caballero, o advogado foi atendido e não corre risco de morte. Logo depois do atentado e ainda na maca do hospital ele deu uma entrevista a uma emissora de rádio e disse que acredita ter sido vítima de crime político, pois vem fazendo pesadas críticas contra políticos da região.

A Polícia Nacional deve ouvir nesta terça-feira (4) a vítima para saber se ele pode identificar os atiradores ou os possíveis mandantes do atentado.