Douradenses lideram o pódio na Corrida Universitária da UCP

Douradenses lideram o pódio na Corrida Universitária da UCP

COMPARTILHAR

Antônio Coca

Os corredores de Dourados foram os melhores na primeira corrida Universitária da Universidade Central do Paraguai (UCP) disputada na manhã deste domingo (13) pelas ruas de Pedro Juan Caballero. A prova teve a largada às sete horas da manhã no horário local e com isso os competidores puderam fugir do forte calor da fronteira e os tempos foram muito bons e a prova considerada por todos como uma das melhores já realizadas na região.

O percurso pelas principais ruas da Capital do Departamento de Amambay foi muito elogiado pelos atletas. O trajeto foi definido por Opi Carvalho, um dos mais experientes do Paraguai e que proporcionou aos corredores uma prova confortável, com algumas subidas e retas longas em regiões planas.

O douradense Caio Pompeu venceu a prova dos 5 quilômetros no masculino e no feminino a competição foi vencida por Luana Veras Ornelas de Pedro Juan Caballero. Já nos 10 quilômetros a vitória do corredor Maurinaldo dos Santos do Clube Indaiá de Dourados com Leonardo Morais da Silva Messias, de Bonito na segunda colocação.

A prova feminina foi conquistada por Gabriela Letícia Rocha de Dourados, seguida por Janine Rodrigues de Oliveira e pela paraguaia Fátima Viviana Romero de Assunção na terceira colocação. Para o criador do curso de medicina da UCP em Pedro Juan Caballero Karlos Bernardo, a Corrida Universitária serviu para inserir ainda mais a instituição no esporte da fronteira. Segundo Karlos há tempos a universidade vem apoiando o esporte local em várias competições e algumas equipes do Departamento de Amambay já contam com o patrocínio da faculdade e com este evento de nível internacional a UCP se consolida como mais uma empresa a fomentar o esporte local. “Nós trabalhamos com a formação de profissionais de Saúde e o esporte está intimamente ligado a nossa área de trabalho. Incentivar práticas saudáveis é trabalhar da prevenção de doenças e investir em uma melhora qualidade de vida da população”, disse Karlos.

A UCP colocou vários profissionais de Saúde e estagiários do Departamento de Urgência e Emergência para atender os atletas e o evento serviu também para que os estudantes tivessem contato com a medicina esportiva na prática. Com o crescimento das competições esportivas cresce a demanda por profissionais especializados neste tipo de evento.

O douradense Caio Pompeu que venceu a prova dos 5 quilômetros, disse que foi uma das melhores provas que já disputou com vários pontos de hidratação, segurança durante o percurso e toda a assistência pós prova. “São detalhes que fazem toda a diferença para nós atletas e a UCP pensou em tudo e nos deu tranquilidade para competir e fazer uma boa marca”, concluiu ele.

O campeão Pan-americano Elenilson Silva participou da corrida e trouxe vários atletas da escolinha de atletismo que mantêm em Bela Vista. Ele elogiou a iniciativa de Karlos Bernardo em promover o evento e disse que a qualidade da prova no geral não deixou nada a desejar para as grandes competições em nível internacional. “Foi tudo muito bom e preparado com carinho pela universidade. Tivemos toda a assistência antes, durante e depois da corrida e isso é primordial para nós atletas experientes e principalmente para quem está começando. Vamos esperar agora pela segunda edição”, disse Elenilson que é um dos maiores nomes do atletismo brasileiro de todos os tempos.

Fátima Romero que figura na elite do atletismo paraguaio também ficou satisfeita com a competição e prometeu voltar e trazer mais corredores de Assunção. “Já competi em muitos lugares, mas aqui em Pedro Juan Caballero foi diferente. Correr na fronteira e ver a união de brasileiros e paraguaios foi uma experiência incrível. Fiz um passeio com os outros corredores e não sabia se estava no Brasil ou no Paraguai, não há diferença entre as pessoas isso foi muito legal, uma experiência incrível”, contou Fátima.