Homem de origem libanesa é executado na fronteira com saraivada de balas

Homem de origem libanesa é executado na fronteira com saraivada de balas

COMPARTILHAR

Com indicativo de que pode fechar o ano com pero de 300 pessoas assassinadas, a fronteira Brasil/Paraguai registrou agora pouco mais uma execução em plena luz do dia. A mais recente fuzilaria ocorreu no centro de Pedro Juan Caballero vitimando um homem de origem libanesa.

O crime desse começo de tarde pode forçar um duplo atendimento tipo polícias do Paraguai e do Brasil. É que o homem identificado como Hassan Ali Melhein, de idade ainda desconhecida, foi atacado com uma saraivada de balas em plena linha internacional.

Na prática a execução aconteceu no “camelódromo” da fronteira, com a vítima caindo morta dentro de um box. Comerciante, Hassan foi executado com 16 tiros de pistola calibre 9 milímetros. A Polícias Militar e Civil além de perícia fazem levantamentos no local, mas como na maioria dos crimes nas fronteiras, as pessoas afirmam terem apenas escutado barulho de muitos tiros. Nesse caso, apenas que o pistoleiro estava em um carro preto.