Ministério Público investiga assassinato de jovem em Capitan Bado

Ministério Público investiga assassinato de jovem em Capitan Bado

COMPARTILHAR

O Promotor na cidade de Capitan Bado, no Paraguai, Hernán Mendoza, acompanha a investigação sobre o assassinato de Kevin Vichini, 22 anos, morto a tiros na noite desta terça-feira (28). De acordo com Mendonza, a vítima não tinha antecedentes ou havia feito denúncia de ameaças. Ele ressaltou que o celular de Kevin não foi encontrado no local do crime.

Em entrevista no programa El Radar, Mendoza explicou que à noite, a vítima estava na casa de seu tio, que “era praticamente seu pai”. Além disso, o jovem trabalhava com o parente. Para o promotor, o rapaz era o objetivo principal porque outros parentes estavam na residência. “Ele era o alvo principal, eles tinham certeza do ataque. Ele recebeu seis tiros de uma pistola 9 mm”, disse ele.

Embora o celular da vítima possa ter sido roubado, suas ligações serão analisadas para ver se foi ameaçada, disse o promotor. Para a polícia, as primeiras 48 horas do crime serão fundamentais para o esclarecimento do crime e se chegar a autoria e mandantes.