Pistoleiros invadem casa na fronteira e matam dois homens

Pistoleiros invadem casa na fronteira e matam dois homens

COMPARTILHAR

Antônio Coca

Dois homens, um deles sub-oficial da Polícia Nacional do Paraguai, foram executados a tiros no final da manhã desta sexta-feira (25), em Pedro Juan Caballero. Violentos e determinados a matar os pistoleiros invadiram casa e mataram diante de crianças, uma delas chegando a ter o corpo atingido pelo sangue das vítimas.

De acordo com informações da policia paraguaia, os pistoleiros invadiram uma residência na Rua Pitiantuta no bairro San Antônio, e executaram dois homens na frente de crianças. Uma criança de 3 anos chegou a ser atingida por sangue das vítimas e por sorte não foi atingida por balas.

Os mortos foram identificados como Luís Alberto Giménez, mais conhecido como «Locote» e Darío Milcíades Morinigo Acosta. “Locote” teve o filho Luiz Eduardo Gimenez Ricardo assassinado no mês de agosto deste ano, quando chegava em sua casa. Ele foi atingido com sete tiros e morreu na hora.

Segundo a polícia paraguaia, “Locote” atuava na compra e venda de veículos e segundo familiares não recebia ameaças e nem tinha antecedentes criminais. Já a outra vítima que também morreu na hora, Darío Milcíades Morinigo Acosta é sub-oficial da polícia paraguaia. As autoridades não revelaram o que poderia ter provocado a dupla execução.

Uma das vitimas hoje, policial paraguaio.