Polícia Nacional prende bando que sequestraria familiar de ex-jogador paraguaio

Polícia Nacional prende bando que sequestraria familiar de ex-jogador paraguaio

COMPARTILHAR
Mais 10 membros do bando são caçados pela polícia.

A Polícia Nacional do Paraguai prendeu integrantes de quadrilha que iria sequestrar um membro da família do ex-jogador de futebol Nelson Haedo Valdez, em San Joaquín, Caaguazú. Segundo o comissário Daniel Careaga, cinco indivíduos foram presos na tarde deste sábado em San Joaquín, Departamento de Caaguazú.

Conforme informações apuradas pelo Portal Última Hora, junto às autoridades, os presos pretendiam sequestrar um familiar do ex-jogador da seleção paraguaia Nelson Haedo Valdez. Estão presos Ariel Sosa Araújo, Ignacio Brizuela, Gustavo Ramón Méndez Albizo, Miguel Alejandro Ramírez López e Fidelino Araújo Servín, todos eles com extensa ficha criminal.

Conforme o chefe de polícia e da operação de captura, os integrantes do grupo estavam dirigindo um veículo Toyota branco. Com eles foram apreendidas armas longas e curtas, miguelitos, material preparado com ferro ou preso para impedir movimentação policial, balaclava e aparelhos de radio, luvas e outros materiais.

Fazia parte dos “equipamentos” do bando, vários celulares, facas, fita adesiva preta, quatro mochilas, várias peças de vestuário e sapatos. Os materiais,armas e elementos presos estão sendo transferindo para Coronel Oviedo.

De acordo com a Polícia Nacional, o bando seria responsável por outros crimes na região de Caaguazú. O comissário Careaga lembra que os quadrilheiros teriam realizado seis assaltos a distribuidores e empresas em Campo 9, San Joaquín, Vaquería e Yhú. O policial indicou a existência de mais pessoas envolvidas foragidas e que estão sendo caçadas. A quadrilha pode ser formada por ao menos 15 elementos.