Polícia prende supostos autores do assassinato de José Carlos Acevedo

Polícia prende supostos autores do assassinato de José Carlos Acevedo

COMPARTILHAR

Antônio Coca

A polícia paraguaia prendeu na noite de segunda-feira (4), Ronny Ayala Benítez e Alejandro Ariel Ayala Otazú, suspeitos de serem os autores do assassinato do então prefeito de Pedro Juan Caballero, José Carlos Acevedo. O político foi vítima de um atentado em 17 de maio, e faleceu dias depois no hospital.

Segundo informações policiais, Ronny reside em Capitán Bado, cidade que faz fronteira com o município brasileiro Coronel Sapucaia, e Ajeandro mora em Pedro Juan, ao lado de Ponta Porã. Com eles os agentes apreenderam armas, dinheiro em guaranis e dólares, cartões, documentos, um carro e outras provas que não foram divulgadas.

Além da suspeita da morte de Acevedo, eles também teriam assassinado Óscar Ramón Cardozo, de 52 anos. King Kong como era conhecido, foi executado em uma estrada do bairro Cambyretâ, na Flórida, por volta das 17h35 do último domingo (3), quando viajava como passageiro em um Kia, após participar de uma corrida de cavalos. Cardozo tinha três mandados de prisão por homicídio doloso, dois de 2011 e um de 2019.