Primos são executados após sequestrados em zona rural no Paraguai

Primos são executados após sequestrados em zona rural no Paraguai

COMPARTILHAR

A Polícia Nacional confirmou a descoberta do corpo de Mario Fabio López Romero, (39), sequestrado junto com seu primo, Hugo Barbosa Esquivel, também morto pelos sequestradores. Os primos estavam trabalhando quando foram capturados por desconhecidos fortemente armados no bairro Bernardino Caballero de Yby Yaú, Departamento de Concepción. Os corpos foram encontrados nesta terça-feira nas proximidades de onde ocorreu o ataque.

Um terceiro, Julio César Barbosa Esquivel, ferido de raspão na perna, afirmou que foi ao local verificar o que estava acontecendo, já que seu irmão Hugo Barboza não voltou, mas foi baleado pelos criminosos.

Consta que os desconhecidos pediram 100 milhões de Guaranis como resgate à mulher de Hugo Barboza, quase imediatamente ao sequestro, tendo a mulher entregado 8 milhões que tinha no momento. Julio César conta que anteriormente já haviam tirado 10 milhões de seu irmão para deixá-lo trabalhar e que agora pediram novamente o dinheiro como resgate. As vítimas são primos do prefeito de Yby Yaú, Vidal Arguello, que esta manhã afirmou sua preocupação com o ocorrido.

Após o sequestro e morte de dois irmãos na região de em Yby Ya’u, no Paraguai, distante cerca de 100 quilômetros da fronteira com o Brasil, a polícia paraguaia suspeita da ação de remanescentes do grupo guerrilheiro surpreendido pelas forças de segurança recentemente. No confronto, três indivíduos foram presos e um morto.

O comissário chefe do Departamento Antisequestro do Departamento de Concepcion, Pedro Miltos, já havia dito que a família não tem posse e que são trabalhadores comuns. Por isso, avalia que o caso pode ter outra motivação, como uma cobrança de dívida ou outros problemas particulares.