SENAD apreende 415 quilos de maconha marroquina em capitão Bado

SENAD apreende 415 quilos de maconha marroquina em capitão Bado

COMPARTILHAR

Antônio Coca

No início da manhã deste domingo (19), uma equipe do Grupo de Operações da Secretaria Nacional de Combate às Drogas SENAD, desativou um suposto deposito de maconha marroquina. A operação foi realizada em uma área de Colônia Aguará Vevé, no distrito do capitão Bado.

As autoridades não confirmaram a prisão de traficantes, mas a apreensão de uma carga de maconha marroquina. A droga que aparentemente foi deixada para posterior transporte, estava em tabletes enfardados em meio a um matagal.

Narcoprodutores da chamada maconha marroquina, costumam mescla a produção entre a droga em estado natural, mas também a “elaborada” com diferenciação de odor e sabor, o que costuma atrair o comprador aumentando o lucro dos traficantes. Recentemente foi descoberto em território Paraguai, um “laboratório” para elaboração da maconha “especial”.

Entre os produtos “químicos” utilizados na elaboração estavam goma de mascar, pimenta e até cravo. A carga apreendida hoje ainda passará por perícia em laboratório.

Carga aparentemente foi “guardada” no mato.