SENAD desmonta mais uma estrutura do narcotráfico na região de Capitan Bado

SENAD desmonta mais uma estrutura do narcotráfico na região de Capitan Bado

COMPARTILHAR
No local maconha em produção, pronta para comércio e até selecionada.

Antônio Coca

Nesta quint-feira (10), equipes da Secretaria Nacional Antidrogas – SENAD e do Ministério Público entrou em uma grande área de mata localizada no distrito de Jaguarundi, em Capitán Bado-Amambay, onde destruíram 22 lavouras de droga, vários hectares de pantação de maconha, toneladas da droga prontas para venda e transporte, incluindo maconha selecionada para embalagem a vácuo e diversas motocicletas usadas para interligação entre campos.

Um trabalho minucioso de inteligência possibilitou a localiação da plantação realizada em uma grande área arborizada.
Agentes especiais da SENAD e do Ministério Público analisaram os dados apurados pela Inteligência constatando a existência de uma base de narcóticos na área, composta por 22 campos interligados e totalmente equipados para o processamento de maconha.

Na operação foram destruídos pelo menos 18 hectares de plantações, o que possibilitaria uma colheita final de 54 toneladas da droga. Foram queimadas 5 toneladas de maconha picada, 100 quilos de sementes e 20 quilos de maconha prensada.

Além disso, foram encontrados 81 pacotes de maconha selecionados e embalados a vácuo. Segundo a investigação, o que foi produzido na área estava destinado ao mercado brasileiro. O diretor de comunicação da Senad, Francisco Ayala, explicou à NoticiasPy que pelo menos 100 pessoas trabalhavam no local, mas no entanto, ninguém estava no local no momento da operação.