SENAD estoura casa em zona rural onde maconha era processada e armazenada

SENAD estoura casa em zona rural onde maconha era processada e armazenada

COMPARTILHAR
Muita maconha e petrechos apreendidos no local. (Divulgação/SENAD)

Ações específicas dos Agentes Especiais da SENAD – Secretaria Nacional Antidrogas do Paraguai, promoveram busca e desmonte de uma casa na zona rural da Colônia Yacare’i de Caaguazú. O estabelecimento servia de base para processamento e armazenamento de grande quantidades de maconha.

A casa está localizada em uma área chamada San Pablo de la Colonia Yacare’i, o depósito identificado através de pesquisas realizadas pelos agentes antidrogas lotados na Delegacia Regional de Caaguazú, foi preparado com material suficiente para a coleta de cannabis.

As provas incluem a apreensão de 1.314 quilos de maconha picada distribuída em 73 sacas, 300 quilos de maconha picada em processo de secagem e 36 quilos de maconha prensada, totalizando 1.650 quilos de maconha retirada de circulação.

Foran também apreendidos no local, materiais para preparo e embalagens como quatro prensas rústicas, peneiras, fitas de embalagem, balanças e até uma motocicleta. O responsável pela guarda da propriedade rural foi identificado como Tito Teleforo Molinas Urdapilleta, o qual foi preso por despacho do procurador Osvaldo Garcia.

Tudo incinerado no local.