SENAD faz a Operação Mbaracayú destruindo lavouras de narcoprodutores’

SENAD faz a Operação Mbaracayú destruindo lavouras de narcoprodutores’

COMPARTILHAR
Acampamentos destruídos

A SENAD – Secretaria Nacional Anti Drogas do Paraguai, iniciou uma operação para erradicar culturas ilícitas, principalmente de naconha na Reserva Natural da Floresta de Mbaracayú, localizada no Departamento de Canindeyú. A reserva tem uma extensão de mais de 64 mil hectares e foi ocupada com estruturas dedicadas ao plantio e tráfico de drogas, que promovem o desmatamento rápido para estabelecer parcelas (lotes) para plantação de maconha.

Acampamentos abrigam pessoas, droga e equipamentos.

Um grupo operacional da SENAD e do Ministério Público foi deslocado para a área para tratar do problema. Os ataques da Força de Segurança buscam detectar e eliminar campos clandestinos, plantações e drogas processadas encontradas na área.

No primeiro dia da operação, dois acampamentos foram destruídos, dentro dos quais as equipes encontraram 1.500 quilos de maconha picada. Da mesma forma, cerca de 5 hectares de maconha foram destruídos, o que deixaria uma produção final de aproximadamente 15 toneladas da droga.

A operação Mbaracayú irá se estender por mais alguns dias para afetar consideravelmente as estruturas de narcotráfico que causam sérios danos ambientais ao desmatamento de florestas protegidas. Além de lavouras e droga já colhida, também equipamentos utilizados pelos narcoprodutores estão sendo destruídos.

Fogo é a principal “arma” na erradicação da droga.