SENAD ocupa base rural do narcotráfico no Chaco Paraguaio

SENAD ocupa base rural do narcotráfico no Chaco Paraguaio

COMPARTILHAR
Casa principal.

Agentes Especiais da SENAD em coordenação com os promotores Elva Cáceres e Carlos Alcaraz, estouraram quatro propriedades rurais localizadas na área de Filadélfia, no Chaco paraguaio. As chácaras estão ligadas ao foragido Diego Benítez, apontado como um dos líderes de organização internacional de tráfico de cocaína sob investigação.

Além de acomodações a força policial constatou um ponto de parada dotado de posto de combustível. Com uma propriedade proxima da outra, a área estava sendo preparada para ser transformada em uma única que se chamaria Estância Venecia, com cerca de 7.300 hectares. As propriedades eram denominadas Estadia Rosalina, Choguy Estadia e Estadia do Comissário.

Tráfico aéreo de drogas

Um dos locais ocupados na operação, a Estancia Choguy, possui uma pista de pouso com 1.200 metros, sistema de iluminação para operações noturnas, galpões, lagos artificiais e 2 prédios luxuosos com grande infraestrutura incluindo piscina coberta e câmara frigorífica.

Farta documentação foi apreendida e facilitará a sequência de investigação e novas operações. Agentes e promotores constataram grandes investimentos nas propriedades como construções e equipamentos agrícolas durante os anos de 2020 e 2021.

Hangar e pista iluminada de 1.200 metros para operações noturnas.