SENAD prende homem a serviço do tráfico despachando cocaína em aeroporto

SENAD prende homem a serviço do tráfico despachando cocaína em aeroporto

COMPARTILHAR
Na inocente "encomenda" muita cocaína puríssima. (Divulgação)

Investigação realizada por Agentes Especiais da SENAD lotados no Aeroporto Internacional Silvio Pettirossi, em Assunção, levou a um traficante de 19 anos que tentava despachar por  via aérea, uma caixa contendo cocaína.

Jorge Arnaldo López, paraguaio de 19 anos, chegou ao escritório de uma empresa de correio em um táxi procedente da região de Caaguazú. Ele despacharia a caixa de papelão contendo almofadas e bolsas femininas para Hong Kong.

Jorge não imaginava que Agentes Especiais da SENAD, já acompanhavam sua movimentação e o prenderam quando tentava entrar no correio. Uma verificação inicial aumentou a suspeita da presença de entorpecente dentro da caixa. A suspeita foi comunicada ao promotor Lorena Ledesma, que ordenou a abertura da embalagem suspeita.

Dentro dela encontraram almofadas e bolsas femininas que estavam impregnadas de cocaína. O peso bruto chegou a 4,227 quilos, sendo que posteriormente a cocaína será extraída em laboratório. O homem foi enviado para a Base de Operações da SENAD.

A Polícia paraguaia suspeita que Jorge tenha sido recrutado na área de Caaguazú por uma estrutura criminosa baseada na tríplice fronteira. As evidências e os dados coletados com este procedimento serão utilizados no acompanhamento investigativo dos responsáveis ​​por esses embarques.

Cão farejador já havia avisado.