UCP firma convênio de cooperação em saúde com a Polícia Nacional

UCP firma convênio de cooperação em saúde com a Polícia Nacional

COMPARTILHAR

Antônio Coca

Um convênio de cooperação assinado na manhã desta quinta-feira (5) entre a Universidade Central do Paraguai (UCP) e a Polícia Nacional, vai permitir que membros da Polícia Nacional sejam atendidos nas clínicas Médicas da instituição em casos de urgência e emergência e ambulatoriais quando necessário.

O Comissário Geral da Polícia Nacional Silvino Jara foi recebido na sede 3 da UCP, onde funciona a Clínica Geral pelo diretor administrativo financeiro Gabriel López Lafuente, pelo gerente geral interino de Pedro Juan Caballero Alisson Costa Marenogoni, pelo diretor vice diretor administrativo Edgard Nuñez, diretor geral de Cidade del Est Edgar Davalos e outros diretores de departamentos.

O convênio tem duração de cinco anos e prevê uma cooperação entre as duas partes com trabalhos comunitários conjuntos, palestras e troca de experiências entre profissionais de segurança pública e de saúde.

Para o Comissário Geral da Polícia Nacional Silvino Jara, este acordo vem em boa hora, já que atualmente não existe um lugar específico para o atendimentos dos policiais no Departamento de Amambay e que isso só vai acontece depois da inauguração do Hospital da Polícia Nacional que está sendo construído e que vai contar também com a colaboração da UCP que deverá doar equipamentos médicos para o local.

Já o diretor financeiro da Universidade Central do Paraguai, Gabriel López Lafuente, disse que o acordo é uma forma da instituição abrigar os policiais que prestam um grande serviço para a comunidade e que muitas vezes não tem onde ser atendidos em suas necessidades. “Nossas instalações e profissionais estão à disposição de todos os policiais que precisarem e para nós é um prazer poder colaborar com uma instituição como a Polícia Nacional”, disse Gabriel.

A comitiva do Comissário Silvino Jara visitou as instalações da Clínica Geral e a estrutura montada para o acolhimento e atendimentos aos pacientes. Os membros da Polícia Nacional também puderam conhecer as ambulâncias que fazem o atendimento de urgência e emergência e que estão dotadas de equipamentos de última geração, para garantir o suporte a vida durante o transporte dos pacientes em pequenas, medias e longas distâncias, como no caso de um deslocamento de Pedro Juan Caballero para o Hospital Geral da Polícia Nacional em Assunção por exemplo.