UCP mantêm tradição e comemora festas de final de ano com alunos...

UCP mantêm tradição e comemora festas de final de ano com alunos e colaboradores

COMPARTILHAR
Karlos Bernardo recepciona alunos e convidados na festa de Réveillon em Pedro Juan Caballero.(Foto:Assessoria)

Antônio Coca

Os alunos da Universidade Central do Paraguai (UCP) que não puderam viajar no final de ano para rever seus familiares, foram mais uma vez acolhidos pela direção da instituição. Tanto a Ceia de Natal, como o Réveillon da passagem do ano foram comemorados na residência do idealizador do curso em Pedro Juan Caballero, Aparecido Karlos Bernardo.

Como acontece há vários anos, Karlos recebeu alunos, colaboradores e convidados na casa dele na Vila Aurora na noite do dia 25 de dezembro e na virada do ano. Quem não pode viajar para curtir com a família e amigos, foi recebido nas duas noites com muito carinho e afeto. As festas neste período do ano tem se tornado uma tradição na instituição e depois da pandemia onde a maior parte dos estudantes voltou para seus estados, com a volta das aulas presenciais em 2021 elas voltaram a acontecer e muitas pessoas foram prestigiar.

Para Karlos Bernardo receber os alunos em casa é uma forma de acolher aqueles que escolheram a UCP para cursar medicina no Paraguai e que passam vários meses e até anos longe de seus familiares e nesta época do ano não teriam aonde ir. “Já teve final de ano que não tinha onde passar o Natal e o Réveillon e a tristeza era grande. Hoje recebo nossos alunos em casa e eles se sentem acolhidos e prontos para enfrentar mais um ano de estudos. Somos a família UCP e aqueles que permanecem em Pedro Juan Caballero sabem que as portas da minha casa sempre estarão abertas para recebê-los com alegria e muito carinho”, contou Karlos Bernardo.

O paraense Erick Miguel Rodrigues Bezerra, que não pode viajar para Altamira devido a compromissos de trabalho, já que é radiologista, a oportunidade de passar o Réveillon ao lado da esposa e de amigos do curso foi um alento. “Mesmo estando ao lado da esposa à distância do restante da família é sempre um momento difícil, mas nos sentimos acolhidos aqui na casa do Sr. Karlos. Foi tudo muito bem organizado e familiar. Foi a primeira vez que participei e com certeza sempre que tiver que ficar em Pedro Juan no final do ano estarei na festa da UCP”, disse ele.

As comemorações de final de ano da Universidade Central em Pedro Juan Caballero já se tornou uma tradição no meio acadêmico da fronteira e hoje atrai até estudantes de outras universidades que são recebidos com alegria por toda a família UCP. “Todos vieram em busca de um sonho e aqui as portas estarão sempre abertas para quem escolheu o Paraguai para estudar medicina”, finalizou Karlos Bernardo que é o anfitrião.

O paraense Erick passou o final de ano junto com a esposa e amigos no Réveillon da UCP.(Foto: Arquivo Pessoal)