A Polícia Civil faz super operação contra tráfico e traficantes em Sonora

A Polícia Civil faz super operação contra tráfico e traficantes em Sonora

COMPARTILHAR
Alguns dos materiais apreendidos com o bando, inclusive dinheiro do tráfico. (Divulgação)

A “Operação Desintoxicação” de combate ao tráfico de drogas, no município de Sonora, desencadeada pela Polícia Civil nesta terça-feira (3), pode ter novos desdobramentos por conta da prisão de várias pessoas envolvidas no esquema criminoso.

A operação envolveu mais de 30 policiais civis em 11 viaturas das delegacias de Polícia Civil na região norte subordinadas à Delegacia Regional de Polícia de Coxim sob o comando do Delegado Regional Arante Fagundes Filho.

Nessa primeira fase a operação cumpriu 13 mandados de prisão preventiva, sendo 9 cumpridos na cidade de Sonora, na divisa de Mato Grosso do Sul com Mato Grosso e que pode estar sendo transformada em ponto de observação ou entreposto por traficantes dos dois estados. Três mandados foram cumpridos em presídios de Campo Grande. Até o fechamento desta reportagem apenas um envolvido encontra-se foragido. Só em Sonora, os policiais cumpriram onze mandados de busca domiciliar.

Estão presos, Edicarlos Pereira da Silva, o “PH” ou “Neguinho”, Edicleiton Pereira da Silva, o “Nenê”, Maria Anda da Silva Mota, a “Michele”, Wanderleia de Oliveira Sousa, conhecida como “Vizinha”, Vanda Vieira Bezerra, Fernando dos Santos Felix, o “Fernando Bombado”, Cleyton Matos Campos, Pâmela Regina da Silva, a “PAAM”, Gerson da Silva, o “Boladão” ou “Graveto”, Matheus do Nascimento Silva, o “Cuiabano”, José Amaro Lemos, conhecido como “Pernambuco” ou “Coroa” e Renan Carlos Dias, o “Risadinha” ou “Renanzinho”. O bando está enquadrado em tráfico de entorpecentes e associação ao tráfico.

Durante o cumprimento dos mandados de busca domiciliar, foram realizadas duas prisões em flagrante, Cleyton Matos Campos por posse de arma de fogo e tráfico de drogas e Fernando dos Santos Felix, vulgo “Fernando Bombado”, por posse irregular de arma de fogo.

No final da tarde ao falar sobre o caso, o chefe da operação, delegado Arante Fagundes Filho lembrou à população de Sonora e região, que “a Polícia Civil está trabalhando constantemente na busca de combater o crime de tráfico de drogas, assim como os demais crimes dele decorrentes, para que isso ocorra de maneira mais rápido, é necessário contar com a colaboração dos cidadãos, pois o apoio e ajuda dos moradores são fundamentais para que a polícia possa cumprir esse objetivo, bem como servir e proteger”.

O “grupo de Sonora”.