Acusado de estupro, homem quase é linchado na região central de Três...

Acusado de estupro, homem quase é linchado na região central de Três Lagoas

COMPARTILHAR
Dano maior foi na orelha do homem. (Foto: Reprodução/Rádio Calula)

Um homem que teve a identidade preservada pela polícia, sofreu várias escoriações pelo corpo ao ser descoberto por um grupo de mulheres assim que entrou em um bar. O espancado seria autor do estupro de uma menina de 12 anos e foi reconhecido pela mãe da garota.

A refrega aconteceu no final da tarde desta segunda-feira (7), em um bar na Avenida Antônio Trajano. De acordo com o Portal Rádio Caçula, o indivíduo foi cercado e surrado por algumas mulheres ao ser reconhecido.

Segundo o relato dos policias que atenderam o caso, denúncias anônimas indicaram que no bar estaria ocorrendo um linchamento. No local, os policiais presenciaram quando um grupo de pessoas arrastou o homem para o interior do estabelecimento e o agrediam.

Resgatado, o homem disse que havia sido acusado de estupro há aproximadamente um mês e que teria ido até o bar nesta segunda-feira, onde foi reconhecido por populares. Ele alegou ainda que um grupo de mulheres começou com as agressões que lhe deixaram com lesões na orelha esquerda, rosto, escoriações nas costas e edema na testa, queixando-se ainda de dores no ombro esquerdo.

Questionada sobre a situação, uma das mulheres relatou que no dia 8 de agosto passado, soube através de sua filha, de 12 anos, que ela teria sido estuprada pelo elemento. A mãe registrou o fato na Polícia Civil para as providências, mas acabou encontrando o homem no Bar, e ao reconhecê-lo, juntamente com um grupo de mulheres o imobilizaram e iniciaram a surra, que só parou devido a chegada da Polícia Militar. Todos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia.