Aeronave apreendida com cocaína estava proibida de voar desde 2.020

Aeronave apreendida com cocaína estava proibida de voar desde 2.020

COMPARTILHAR
Aeronave estava interditada. Fotos: Divulgação/Polícia Militar)

O helicóptero R-44 II apreendido esta manhã por policiais do 8º BPM com cerca de 200 quilos de cocaína pura, estava proibido de operar desde o ano passado. De matrícula PP-LLL, pertencente a pessoa identificada até então apenas pelas iniciais L.P.R., o helicóptero estava com todas as licenças e certificados vencidos desde 24 de maio de 2.020, além de estar cadastrada com busca e apreensão.

Além da aeronave e cocaína, a PM apreendeu a caminhonete F-250 com placas de Taquarussu utilizada por dois indivíduos no apoio ao piloto para reabastecimento. Consta que uma pessoa da fazenda onde ocorreu o pouso teria sido detida.

Droga estava sobre os bancos da aeronave. (Divulgação/8ºBPM)