Anvisa aprova uso emergencial da vacina CoronaVac e da vacina de Oxford

Anvisa aprova uso emergencial da vacina CoronaVac e da vacina de Oxford

COMPARTILHAR

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou neste domingo (17) o uso emergencial das seis milhões de doses da vacina CoronaVac e da vacina da Universidade de Oxford/AstraZeneca. É a primeira vez que a Anvisa concede a autorização para uso emergencial de imunizantes.

Já votaram a favor a diretora relatora dos pedidos, Meiruze Freitas; o diretor substituto da quarta diretoria, Romison Rodrigues; e o diretor da quinta diretoria, Alex Campos.

A diretora Cristiane Jourdan e o diretor-presidente da Anvisa, Antônio Barra Torres, ainda votarão, mas como a decisão é feita por maioria simples, a aprovação está definida pela agência. Mesmo que votem contra a aprovação do uso dos imunizantes em caráter emergencial, a aprovação já estaria garantida já que três votos foram computados a favor.
A decisão do uso emergencial passa a valer assim que houver comunicação oficial com o laboratório. Não há necessidade de publicação no Diário Oficial da União.