Após decisão judicial, Lula desiste de se encontrar com familiares em SP

Após decisão judicial, Lula desiste de se encontrar com familiares em SP

COMPARTILHAR
Lula diz que haverá outras oportunidades para ver os parentes (Foto:: Antônio Cunha/CB)

O presidente do Instituto Lula, Paulo Okamoto, afirmou, na tarde desta quarta-feira (30), que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desistiu de ir até São Paulo se encontrar com familiares. Ele estava autorizado pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, a ver o corpo do irmão, Genival Inácio da Silva, o Vavá.

De acordo com a decisão de Toffoli, o ex-presidente poderia ir até uma base militar em São Bernardo do Campo e só veria o irmão se o cortejo fosse até o local. Ao destacar que o petista decidiu ficar em Curitiba, onde está preso na Superintendência da Polícia Federal, Okamoto afirmou que “ele gostaria de ver os familiares, mas terá outra oportunidade”.

A decisão do magistrado foi emitida minutos antes do enterro, que estava previsto para às 13 horas. A presidente do PT, Gleisi Hoffmann, afirmou que não seria possível esperar a chegada de Lula.