Após denúncia Guarda Municipal descobre “tunguete” em Dourados

Após denúncia Guarda Municipal descobre “tunguete” em Dourados

COMPARTILHAR
"Cassinos" de volta?

Antônio Coca

Uma denúncia de aglomeração de pessoas descumprindo as medidas de contenção a propagação do coronavirus realizada no canal DISQUE 100 do Governo Federal, levou a Guarda Municipal até um local onde funcionava um cassino ilegal tradicionalmente conhecido como “tunguete”.

No local indicado na denúncia funcionava como fachada um bar, na verdade o local era usado como uma banca de apostas de jogos de baralho como cacheta e outras modalidades. O mini cassino clandestino funcionava na região oeste da cidade e pelo menos 10 pessoas estavam participando da jogatina quando foram flagrados pelos guardas municipais.

Durante uma rodada de cacheta, foram apreendidos com os apostadores R$ 4.773,00 em espécie, várias caixas de baralho e cadernetas de anotações referente ao jogo de azar. Todos os envolvidos foram encaminhados para a Polícia Civil e não tiveram seus nomes liberados.

O Artigo 50 da Lei de Contravenções Penais proíbe os jogos de azar no Brasil. Já há uma lei em tramitação no Congresso Nacional para permitir a abertura de cassinos e outras modalidades de apostas, mas a matéria não foi colocada em votação.