Após fuga em massa SEJUSP reforça segurança na fronteira até com helicóptero

Após fuga em massa SEJUSP reforça segurança na fronteira até com helicóptero

COMPARTILHAR
Helicóptero reforça buscas na fronteira.

Antônio Coca

O secretário de Estado de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, Antonio Carlos Videira, disse há pouco que a segurança foi reforçada em toda faixa de fronteira do estado com o Paraguai depois da fuga nesta madrugada de cerca de 100 presos ligados ao Primeiro Comando da Capital (PCC) da Penitenciária Regional de Pedro Juan Caballero.

Videira disse que todos os homens disponíveis foram colocados de prontidão e além das equipes do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) e da Polícia Militar Rodoviária (PRE) que já estavam trabalhando dentro da Operação Hórus, outros efetivos já estão em deslocamento da região para evitar que os marginais em fuga entrem no território brasileiro.

O helicóptero da secretaria de Segurança já decolou da Capital e está seguindo para Ponta Porã, para auxiliar no trabalho de fiscalização e na tentativa de captura dos presos.

Utilizando um túnel praticamente todos os presos de um pavilhão destinados ao PCC na penitenciária de Pedro Juan Caballero fugiram do local e apenas um preso foi recapturado. A movimentação de policiais é grande dos dois lados da fronteira.

Uma coletiva de imprensa deve ocorrer ainda na manhã deste domingo(19) onde as autoridades paraguaias devem dar explicações sobre como ocorreu todo o processo de construção do túnel e a fuga dos detentos sem que ninguém percebesse. Cerca de 200 sacos com terra foram encontrados na celas de onde os presos fugiram.

Secretário Carlos Videira determinou mobilização de toda a polícia na caça aos fugitivos que entrarem no País.