Aprovada LDO com emendas do vereador veterinário Francisco

Aprovada LDO com emendas do vereador veterinário Francisco

COMPARTILHAR

A Câmara Municipal de Campo Grande aprovou a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) da Capital, para o exercício financeiro de 2021. A LDO estabelece metas da administração pública e como base para elaborar o orçamento, que é definido por meio da Lei Orçamentária Anual (LOA).

Aos vereadores é permitido fazer emendas, e este ano foram apresentadas 242, sendo incluídas 61 a LDO. A área da infraestrutura urbana e rural ou meio ambiente foi a com maior número de sugestões, seguida pelos temas sociocultural e político institucional, saúde, educação e informação e por último desenvolvimento econômico.

O Vereador Veterinário Francisco Gonçalves (PSB) teve aprovada 8 emendas, das 37 que apresentou. Tais emendas, conforme justificativa do parlamentar, abordam temas de infraestrutura urbana e rural, meio ambiente, desenvolvimento econômico e de saúde.

A abordagem de diversos temas nas emendas visa atender o maior número de demandas. “Buscamos com as emendas ampliar o número de castrações de cães e gatos, implantar a UPA/VET, preservar e recuperar nascentes, melhorar o tratamento de resíduos sólidos e fortalecer políticas públicas para o agronegócio, dentre outras”, destacou o Vereador Veterinário Francisco.

A LDO de 2021 prevê orçamento de R$ 4.333 bilhões, crescimento de 0,70% quando comparado a receita total para 2020 de R$ 4.303 bilhões. Em termos reais, há uma queda de 4,33% em relação às estimativas de 2020.