Apurando morte por overdose, Defron prende casal traficante de cocaína

Apurando morte por overdose, Defron prende casal traficante de cocaína

COMPARTILHAR
Apreensão na "boca da morte".

A Polícia Civil, através da Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira-DEFRON, ao investigar em Dourados morte de um homem, possivelmente causada por consumo excessivo de droga, a overdose, apreendeu mais de 50 pinos de cocaína, porção da droga e prendeu um casal. Já implicada em crime, a mulher estava com mandado de prisão na cidade paulista de Presidente Epitácio.

No dia 9 de maio deste ano indivíduo identificado pelo prenome Sérgio, morreu no Bairro Sitioca Campina Verde sob suspeita de overdose de droga, o que teria lhe causado infarto. Na apuração do caso, a Defron recebeu denúncia de que um homem e uma mulher seriam os fornecedores da droga que provocou a morte do usuário.

A investigação revelou que após a morte de Sérgio o casal passou a morar na casa onde ele residia, local onde estaria traficando drogas. Com isso, por volta de 17h dessa terça-feira (3), policiais da DEFRON realizaram busca na residência ocupada pelo casal, onde apreenderam mais de 50 pinos de cocaína e uma pedra de crack. A dupla também “guardava” munições calibre 38 que afirmou ter recebido como pagamento por porção de cocaína.

Os dois foram presos em flagrante por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de munição. A mulher já é condenada por tráfico em São Paulo onde está com mandado de prisão.