Assaltantes presos em Maracaju possuem histórico de vários crimes

Assaltantes presos em Maracaju possuem histórico de vários crimes

COMPARTILHAR
Em fuga, trio é cercado e preso. (Imagem de segurança)

Os três homens presos pela Polícia Civil em Maracaju pouco depois de assalto a uma joalheria, possuem antecedentes, a maioria por roubo (assalto a mão armada). Kelvin Castro de Brito, 20 anos, tem histórico de roubos a mão armada, lesão corporal, dano qualificado, furto, desacato e receptação. Diego Santana da Silva, (32), possui antecedentes de roubo à mão armada, tráfico de drogas, furto e receptação.

Miqueias Brandão Pereira, de 24 anos, 24 anos, roubo armado, resistência, furto qualificado, furto tentado, tráfico de drogas, posse ilegal de arma de fogo de uso restrito, adulteração de sinal identificador de veículo, receptação, desacato, porte de arma, rixa, ameaça, roubo tentado, lesão corporal e violação de domicílio. Todos devem ser encaminhados para presídio fora de Maracaju.