Assaltantes presos pelo BPChoque da PM cometeram vários roubos

Assaltantes presos pelo BPChoque da PM cometeram vários roubos

COMPARTILHAR
Assaltantes e comparsa foram presos após assaltos e acidente durante a fuga. (Foto: Divulgação/= Choque)

A Polícia Militar identificou como Hudson Lucas de Moraes (37), Jeferson Marcelo Pereira Valério (40) e Osmar Ferreira de Souza, de 52 anos, os indivíduos que na tarde de ontem roubaram um veículo Creta, no Bairro Bandeirantes e ao serem avistados por motociclistas do Batalhão de Choque, fugiram em alta velocidade até que no Bairro Colibri atropelaram um casal em motocicleta que ficou gravemente ferido e em seguida bateram em um muro.

Os dois primeiros, assaltantes, sofreram pequenas escoriações enquanto o terceiro era o responsável pelo transporte dos comparsas e guardar o veículo roubado. O grupo é responsável por outros assaltos ocorridos na cidade e alguns ainda em investigação.

O caso

Por volta de 16h30 de domingo (28), motociclistas da ROCAM BPChoque da PM foram alertados pelo Centro de Operações, sobre o roubo de um Creta branco na região do Bairro Bandeirantes, em que as vítimas foram rendidas por elementos armados. Em ronda pela avenida Guaicurus, nas proximidades de cemitério, os motociclistas do Choque avistaram o veículo roubado minutos antes seguindo na direção da avenida Gury Marques.

Feita a tentativa de abordagem, o condutor do veículo fugiu em alta velocidade, entrando no bairro Alves Pereira e sempre em alta velocidade invadindo preferenciais e desobedecendo sinalização. Na esquina das ruas Osmar de Andrade com Francisco Martins de Souza, no Jardim Colibri, o veículo com os assaltantes atropelou de frente a moto Titan preta ocupada pelo casal Diego Ferreira da Silva e Juliana Albino Muniz, que sofreu ferimentos graves.

No veículo estavam os ladrões Hudson portando o revólver usado no assalto e o comparsa Jeferson, condutor e que estava com mandado de prisão em aberto. De pronto a dupla confessou o roubo do veículo, mais tarde foram reconhecidos pelas vítimas do veículo e de outros assaltos.

A dupla em seguida apontou o comparsa Osmar, o “Chapéu de Couro ou Véinho”, que os levou para a região do assalto e em seguida guardaria em casa o veículo roubado. O homem foi preso na casa dele, na rua Antônio Rodrigues, Bairro Rouxinóis. Ele confessou ter recebido via depósito bancário, R$ 100 pelo transporte dos assaltantes e receberia R$ 400 para guardar o veículo roubado. O trio foi autuado em flagrante de roubo a mão armada, associação criminosa, porte ilegal de arma e alguns agravantes.