Assembleia Legislativa e governo do estado decretam luto oficial de três dias

Assembleia Legislativa e governo do estado decretam luto oficial de três dias

COMPARTILHAR

A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul se despede de um de seus integrantes na atual legislatura, o deputado Cabo Almi (PT), que faleceu no final da noite desta segunda-feira (24), devido às complicações da Covid-19. Cabo Almi estava em seu terceiro mandato na ALMS, foi autor de diversas leis, sendo uma de suas bandeiras a Segurança Pública. Em homenagem a ele a sessão plenária desta manhã (25) foi encerrada.

O presidente Paulo Corrêa (PSDB), leu Ato da Mesa Diretora, publicado em Diário Oficial, que declara luto oficial de três dias na Casa de Leis. “Considerando todo o legado deixado pelo ilustre parlamentar na sua vida política durante os quatro mandatos em que exerceu, com cargo de vereador do município de Campo Grande, e deputado estadual, oferecemos os mais sinceros pêsames à família e declaramos luto oficial na Assembleia Legislativa por três dias pelo falecimento do excelentíssimo deputado Cabo Almi”, definiu.

Paulo Corrêa ainda pediu um minuto de silêncio em homenagem ao falecimento do parlamentar. “Declaro levantada a sessão, conforme o Regimento Interno. Nós estaremos em luto nos próximos três dias, haverá sessão amanhã, comunico aos senhores deputados, mas hoje, em respeito ao nobre Cabo Almi, nós pedimos a todos os presentes que façam um minuto de silencio, antes de encerrar a sessão. Meus sentimentos a família enlutada”, declarou o presidente.

Luto oficial

O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul também declarou luto oficial pela morte do deputado estadual Cabo Almi. O luto oficial é o sentimento de pesar ou dor pela morte de alguém, proposto por uma autoridade legalmente constituída.