Atletas da UCP são destaque em competições estadual e nacional

Atletas da UCP são destaque em competições estadual e nacional

COMPARTILHAR

Antônio Coca

Atletas de Universidad Central Del Paraguay (UCP) foram destaque nesta semana no INTERMED onde venceram quase todas as provas disputadas na maior competição universitária da fronteira e também em competições regionais como a Corrida com Obstáculos Afe Maria, disputada em Sidrolândia e da etapa Pantaneira do Circuito Bota Pra Correr Olympikus que reuniu atletas de todo o Brasil e Corumbá e Ladário.

Os resultados obtidos na competição de atletismo do INTERMED ajudaram a UCP a ficar com o primeiro lugar geral conquistando a competição pelo segundo ano consecutivo. Agora os treinamentos continuam para as disputas das provas nacionais universitárias.
No sábado a corredora Beth Coca disputou a etapa do Pantanal do Circuito Bota Pra Correr Olympikus e ficou na decima quinta colocação na classificação geral resultado considerado excelente dado o grande número de atletas de alto nível e com experiência em provas de aventura. Beth disputou pela segunda vez uma corrida desta modalidade e sentiu demais o rigor do calor pantaneiro mas se disse encantada com o cenário e a integração entre esporte e natureza.

Grau de dificuldade é grande.

No domingo a atleta Geanine Cristina de Lima Noronha foi até Sidrolândia onde competiu com mais 400 atletas na Corrida com Obstáculos Afe Maria, disputada na fazenda Apiana e considera a mais difícil do estado. Durante o percurso os atletas enfrentam água, lama, fogo, riacho, morro e outros obstáculos naturais que exigem demais dos competidores os levando ao limite de suas forças.

“Foi uma prova bem específica com obstáculos em todo o seu percurso, além de trilhas com um grau de dificuldade mediano. Foi a primeira prova nesse estilo que participo e posso dizer que com certeza participarei das próximas, mas exige muita resistência fazendo com que você supere seus limites”, disse ela.

As equipes esportivas da UCP continuam seus treinamento incentivados pela diretoria da instituição que vê no esporte uma forma de inclusão social e de promover a saúde da população.