Atuante no tráfico, homem e companheira executados dentro de casa em Coxim

Atuante no tráfico, homem e companheira executados dentro de casa em Coxim

COMPARTILHAR
Casal foi executado por supostos visitantes. (Foto: Reprodução/PC de Souza/EdiçãoMS)

A Polícia civil busca pistas que esclareçam o assassinato de Carlos Alberto Ferreira, o “Biguá”, 50 anos e da companheira dele, Lubiana da Costa Silva, de 27anos. Mortos em requintes de execução, “Biguá” e Lubiana foram mostos a tiros por dupla que teria invadido a casa de Carlos Alberto no Bairro Senhor Divino.

Conforme o apurado pelo Portal MS em Foco, um casal bateu palmas na frente da residência e ao atender, “Biguá” foi surpreendido por tiros de pistola 9 milímetros. Ele ainda correu para os fundos do imóvel, mas foi seguido e executado com vários tiros morrendo ainda dentro da casa.

Lubiana tentou se esconder no quarto, mas os matadores a localizaram e também foi executada sofrendo tiros, dois deles à curta distância na cabeça. Para a polícia, a principal suspeita é de que as mortes estejam ligadas ao tráfico de drogas, pois “Biguá”, velho conhecido da polícia fora preso diversas vezes em flagrante de tráfico comandando pontos de venda de drogas na cidade, tendo deixado presídio há cerca de 1 ano. Na casa dele, a polícia encontrou durante os levantamentos, papelotes de pasta base e investigações indicam que a casa ponto de venda de drogas.