Autor de homicídio morre em confronto com a Polícia Civil em Dourados

Autor de homicídio morre em confronto com a Polícia Civil em Dourados

COMPARTILHAR

Apontado como autor de assassinato e prisão decretada pela Justiça, Juliano dos Santos Ramires, morreu na noite desta quinta-feira (20), ao reagir abordagem realizada por policiais do SIG – (Serviço de Investigações Gerais), da Polícia Civil de Dourados. Armado com revólver calibre 38, ele reagiu a abordagem, foi baleado e mesmo socorrido acabou morrendo durante o atendimento.

O confronto ocorreu no Anel Viário, de Dourados, por onde Juliano dos Santos pilotava uma motocicleta acompanhado de uma mulher e não obedeceu a sinalização com ordem de parada dada pelos policiais. Na tentativa de abordagem Juliano sacou de um revólver e passou a atirar contra os policiais, que revidaram e ele acabou atingido. Conhecido da polícia, ele era procurado através de mandado de prisão e ainda acusado de ter matado a tiros um adolescente.

A polícia chegou a Juliano, após a prisão de um comparsa dele envolvido na morte do adolescente e que confessou o crime o apontando como autor dos disparos, indicando ainda a região que ele poderia ser encontrado em Dourados.