Autoridades e comerciantes buscam forma de reabrir a fronteira

Autoridades e comerciantes buscam forma de reabrir a fronteira

COMPARTILHAR
Fotos: Lécio Aguilera

Antônio Coca

Autoridades brasileiras e o presidente da Câmara de Comércio de Pedro Juan Caballero Victor Hugo Barreto participaram na tarde desta quarta-feira (22) no Centro de Convenções de Ponta Porã de uma reunião para buscarem uma solução para a reabertura na fronteira entre as duas cidades.

A reunião contou também com as presenças do prefeito de Ponta Porã Hélio Peluffo e de vários vereadores da cidade, mas nenhuma autoridade do governo paraguaio esteve presente no ato. Nos últimos dias membros da Força Tarefa do Paraguai vem intensificando a fiscalização e uma valeta está sendo cavada na Linha Internacional. As autoridades de Ponta Porã esperam garantir pelo menos a circulação de brasileiros e paraguaios que moram na fronteira já que muitos tem negócios nos dois países e também existem trabalhadores que estão com seus empregos ameaçados por não poderem transitar entre as duas cidades.

Uma proposta da criação de uma barreira sanitária para a entrada e saída de pessoas as pessoas será levada para o governo do Paraguai e também por parte do presidente da Câmara de Comércio de Pedro Juan Caballero foi feito o pedido de flexibilização no funcionamento do comércio daquela cidade.

“Pensamos na união entre os poderes municipais e estaduais das cidades irmãs para que se apresentem ao presidente do Paraguai medidas de controle sanitário. Entendemos a preocupação dos Paraguai com relação ao covid 19 mas precisamos levar em conta a realidade fronteiriça. Somos duas cidades de países diferentes, mas somos um povo só e a crise financeira que se aproxima não tem fronteiras”, disse o vereador Marcelino Nunes, um dos participantes da reunião.

Não houve nenhum pronunciamento das autoridades paraguaias sobre os assuntos discutidos na reunião.