Avião destruído em Junqueirópolis é dos mais modernos e caros na aviação...

Avião destruído em Junqueirópolis é dos mais modernos e caros na aviação agrícola

COMPARTILHAR
Falta da Barra Pulverizadora aumenta suspeita sobre uso da aeronave.

A aeronave agrícola incendiada em uma estrada de canavial na cidade paulista de Junqueirópolis foi identificada pela polícia como pertencente a João José Antônio Neves, proprietário e operador. Ao contrário da informação inicial de que se tratava de um modelo Ipanema, na verdade é uma das mais avançadas aeronaves de pulverização agrícola, cujo valor zero quilômetro, passa dos Três Milhões.

A aeronave é um Air Tractor turbo hélice modelo AT-502 B, ano 2.010. Imagens da aeronave despertam dúvidas sobre sua utilização naquela região, estando claro que não atuava em pulverização, pois estava sem Barra de Aplicação de Inseticida.

Por conta desse fator, a suspeita é de que estivesse transportando grande quantidade de material sólido. Paralelemente, a região do sinistro ou pouso, está dentro da chamada Rota Caipira no narcotráfico por terra e ar, em que procedendo da Bolívia, Paraguai ou Colômbia aeronaves que fazem essa rota de forma ilegal, passam pelo espaço aéreo de Mato Grosso do Sul

Além de perícia da aeronáutica, a Polícia Federal deve atuar no local para identificar a procedência, rota e finalidade da aeronave na região. Os destroços da aeronave permanecem no local sob guarda da polícia.