Avião que saiu de Mato Grosso cai no Pará e duas pessoas...

Avião que saiu de Mato Grosso cai no Pará e duas pessoas morrem

COMPARTILHAR
Piloto era geólogo e dono do avião. (Foto:Reprodução)

Avião que decolou em Alta Floresta, Mato Grosso, caiu na manhã de sábado (23) no Pará. A aeronave Cessna matrícula PR-ENM foi encontrada próximo a um garimpo, no município de Jacareacanga. Duas pessoas morreram. As vítimas são o piloto e proprietário do avião Ernesto Kiklaus Moeri, 71, e Maria Cristina Wey, 51. A vítima era fundador do Instituto Ekos Brasil, que atua na área ambiental.

Último contato da aeronave foi às 11h47. Quando o avião foi localizado, na tarde de domingo (24), os tripulantes já estavam mortos. Corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML).

Ernesto era geólogo formado pela Universidade de Berna, na Suíça. Começou sua carreira profissional como geólogo de exploração mineral trabalhando nos EUA, Groenlândia, Bolívia e Brasil. Em 1980, fundou a Geoklock, empresa líder de mercado em tecnologia ambiental.

Maria Cristina era mestre em ciência ambiental e engenheira agrônoma. No Governo Federal, trabalhou no Ministério do Meio Ambiente como secretária nacional de biodiversidade e florestas. Já foi diretora geral do Instituto Florestal no Governo do Estado de São Paulo.