Baleado hoje no Bairro Tiradentes, morador de rua segue internado, mas sem...

Baleado hoje no Bairro Tiradentes, morador de rua segue internado, mas sem risco

COMPARTILHAR
Ilustração

O morador de rua Roberto Francisco de Oliveira, 70 anos, que na manhã desta terça-feira (11) em meio a uma confusão com morador da Rua Diva Ferreira, no Bairro Tiradentes, acabou atingido a tiros, segue internado no Pronto Socorro da Santa Casa, mas não corre risco de morte.

De acordo com a Assessoria de Comunicação do hospital, Roberto foi atingido na coxa direita e no peito. Após passar por exames e avaliação, ele segue internado na ala verde do PS na condição de estável e aguardando para mais uma avaliação.

Inicialmente Roberto foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas por medida de segurança foi acionada uma equipe Alfa do SAMU. A Polícia Militar por sua vez, deteve o autor dos disparos, um homem de 73 anos que se identificou como assessor parlamentar, apresentou porte e registro da arma, sendo levado para a 4ª Delegacia, devendo responder por lesão corporal.

Provocação

O autor dos disparos relatou a policiais, que a esposa lavava a calçada, quando Roberto surgiu empunhando um pedaço de pau e fechou a torneira desligando o medidor de água. O marido atendeu o chamado da esposa, assustada com a ação do homem, surgindo então a discussão acirrada entre os dois.

Em meio a discussão, o assessor armou-se com um revólver calibre 38 e atirou no morador de rua. Muitos moradores na região opinaram que o acontecido era tragédia anunciada, pois desde que surgiu no bairro, o morador de rua provoca, ataca e agride pessoas.

Moradores afirmam que Roberto está permanentemente “armado” com pedaço de pau ou de ferro, com o que ataca as pessoas. Ele costuma também atirar tijolos contra veículos e sua última vítima teria sido um motociclista.