Bando usa carros tirados de oficina em furto de piscina e uma...

Bando usa carros tirados de oficina em furto de piscina e uma acaba baleado

COMPARTILHAR

Um furto de piscina no Jardim Montevideo com uso de veículos que estavam para reparo em oficina, acabou em dois ladrões presos, um deles baleado e confusão. Inicialmente estão presos em flagrante Diego Cardoso Pereira Carrilho, de 33 anos e Wendreon Maycon Figueira de Barros, com 23 anos.

No começo da madrugada de hoje (16), policiais militares da Unidade Vila Margarida foram acionados por um morador na rua Pedro Guimarães, que ouvia barulho em um terreno ao lado de sua casa e ao verificar percebeu que furtavam uma piscina de sua propriedade depositada no terreno. Os autores do crime utilizavam dois veículos, uma Saveiro e um HB 20.

Ao sair para ver o que ocorria, a vítima já avistou sua piscina na carroceria da Saveiro e outra equipe de ladrões dando apoio com o HB 20 dirigido por Wendreon. A vítima chegou a gritar com os ladrões, mas estes fugiram levando a piscina com capacidade para 8 mil litros.

A Polícia Militar apurou que pouco tempo depois o indivíduo que dirigia o HB 20 retornou ao local do crime e tentou atropelar o dono da piscina, quando a PM foi acionada pela família da vítima. No local os policiais além da vítima, encontraram o condutor do HB 20, Wendreon.

Ele confessou o furto, mas acusou a vítima do furto de ter baleado seu comparsa que está hospitalizado na Santa Casa com um ferimento na axila esquerda. Realizada busca pessoal, no veículo e na residência da vítima, não foi localizada nenhuma arma de fogo.

Na Unidade de Saúde Nova Bahia, os policiais identificaram o baleado como sendo Diego Cardoso Pereira Carrilho, que diante da gravidade do problema, foi levado para a Santa Casa onde segue internado. A Saveiro utilizada no furto estava abandonada no pátio do Centro de Saúde, mas sem a piscina.

Quando o caso era registrado na Polícia Civil, chegou na delegacia o proprietário dos dois veículos relatando mais um crime. O homem foi ouvido e afirmou que havia deixado os veículos na Oficina Don Pintura e Funilaria para pintar as colunas da Saveiro e o para choque dianteiro do HB20, acrescentando que não autorizou o uso dos veículos pelo proprietário da oficina. Já a piscina, segue desapararecida.