Bolsonaro defende voto impresso e diz que só Deus o tira da...

Bolsonaro defende voto impresso e diz que só Deus o tira da presidência

COMPARTILHAR

Ao deixar o hospital neste domingo (18), o presidente Jair Bolsonaro defendeu o ex-ministro Eduardo Pazuello, criticou o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e disse que só uma intervenção divina poderá lhe tirar da presidência da República. As declarações foram dadas quando deixava o Hospital Vila Nova Star, onde estava internado havia quatro dias para o tratamento de uma obstrução intestinal.

“Querem derrubar o governo? Já disse: só Deus me tira daquela cadeira. Será que não entenderam que só Deus me tira daquela cadeira? Se aparecer corrupção em meu governo, serei o primeiro a buscar maneiras de apurar e deixar na mão da Justiça para que esse possível responsável seja punido”, afirmou.

Embora tenha dito respeitar a Constituição Federal, o presidente voltou a defender o voto impresso na eleição de 2022 e garantiu que um homem, ainda isolado por causa da covid-19, fará suposta “apresentação” capaz de provar fraudes nas urnas eletrônicas