Bombeiros alertam para risco de inalar fumaça tóxica no local do incêndio

Bombeiros alertam para risco de inalar fumaça tóxica no local do incêndio

COMPARTILHAR

Cinco equipes do Corpo de Bombeiros atuam no incêndio de grandes proporções na Casa do Tapeceiro localizada na rua Barão do Rio Branco, região central de Campo Grande. Máquina retroescavadeira é empregada no local para revolver escombros.

Bombeiros trabalham para evitar a propagação do incêndio para estabelecimentos vizinhos, inclusive um hotel. As equipes receberam informe sobre a possibilidade de um funcionário ser vítima no sinistro, assim como não há confirmação de ter sido um incêndio criminoso, mas acidental.

O major Fábio, assessor de comunicação do Corpo de Bombeiros alerta trabalhadores e moradores no entorno do prédio incendiado, que se afastem do local evitando inalação da fumaça definida como altamente tóxica e ainda desconhecida a natureza dos materiais existentes no estabelecimento.

Alguns Bombeiros já mostram sinal de exaustão justamente por conta da fumaça. Equipes se revezam no combate ao fogo e observação da existência ou não de uma vítima no local.