Bombeiros resgatam última de desabamento no Rio

Bombeiros resgatam última de desabamento no Rio

COMPARTILHAR
Bombeiros resgataram a última vítima

Foi resgatada, na madrugada deste domingo (21), mais uma vítima do desabamento de dois prédios na Muzema, na Zona Oeste do Rio. Esta era a última pessoa que estava desaparecida por causa da tragédia. Os bombeiros contaram tratar-se de uma mulher. A identidade e idade ainda não foram reveladas. Com isso, o número total de mortos sobe para 23. A corporação ainda vai divulgar as próximas etapas da ação no local.

No fim da tarde de sábado, o Corpo de Bombeiros resgatou o corpo de dois meninos dos escombros. Os agentes passaram a usar máquinas nas buscas. Os veículos não ficam sobre os escombros e ajudam na retirada de grandes blocos de concreto.

Sobrevivente

O desabamento na comunidade da Zona Oeste do Rio completou uma semana nesta sexta-feira. Oito pessoas sobreviveram. Três delas continuam internadas em hospitais da cidade. Dentre elas Paloma Paes Leme Barroso, 44 anos.

Paloma está no Hospital Miguel Couto, na Gávea, e ontem deixou o CTI da unidade para ficar na enfermaria ao lado do filho, Rafael Paes Leme do Nascimento, 4, também resgatado com vida. Ela perdeu o marido, Raimundo Nonato do Nascimento, 41 anos – enterrado no sábado -, e três filhos na tragédia: Isac Fabrício Paes Alves, 9, Pedro Lucas Paes Leme Barroso, 7 – enterrados na quinta – e Lauana Vitória Corrêa Barroso, 15.

A terceira vítima internada é Adilma Rodrigues, 35, que está em estado grave no CTI do Hospital Lourenço Jorge, na Barra. Ela perdeu o marido, o pastor Cláudio José de Oliveira Rodrigues, 40, que chegou a ser socorrido com vida. A filha do casal também foi internada, Clara Rodrigues, 10, mas já teve alta.

Investigação

Zé do Rolo, Renato Siqueira Ribeiro e Rafael Gomes da Costa – Arquivo Pessoal
A Polícia Civil procura três pessoas que são apontadas como responsáveis pelos prédios que vieram abaixo. José Bezerra de Lima, conhecido como Zé do Rolo, Renato Siqueira Ribeiro e Rafael Gomes da Costa tiveram a prisão decretada pela Justiça do Rio na sexta. Eles são considerados foragidos. O Portal dos Procurados oferece R$ 1 mil para informações que ajudem a Polícia a encontrar os criminosos.