BOPE evita morte disparando Taser em braço de suicida

BOPE evita morte disparando Taser em braço de suicida

COMPARTILHAR

Como única forma de evitar que uma pessoa de 35 anos se matasse, atirador do BOPE – Batalhão de Operações Policiais Especiais – da Polícia Militar, precisou efetuar disparo em um dos braços do homem. Ocorre que nesta tarde, a 5ª Seção (Comunicação Social) do Comando Geral da Polícia Militar) esclareceu que o tiro no braço do homem, foi um disparo com arma de choque, também conhecida como Taser e não arma de fogo. O detalhe no entanto, não está no Boletim de Ocorrência onde consta apenas ter sido efetuado disparo de UM DISPARO em um dos braços do cidadão. O caso ocorreu nesse domingo (5) em uma residência no Jardim Aeroporto. o Site Tempoms divulgou a notícia com base na informação oficial que está no BO.

Uma equipe foi acionada pelo Centro Integrado de Operações Policiais e Segurança – Ciops, para atendimento a uma ocorrência de ameaça/tentativa de suicídio. Quando chegaram na residência os policiais encontraram o homem sob efeito de bebida alcoólica e com uma faca nas mãos ameaçando se matar.

Que após algum tempo de negociação para que ele desistisse do que tentava, este se mostrou disposto a cometer o suicídio alegando que a vida não tinha mais sentido e fez movimento característico de que realmente se mataria. Diante da situação a equipe do BOPE, optou por efetuar um disparo no braço do suicida, fazendo com que este derrubasse a faca evitando assim mal maior.

De imediato o homem foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros sendo levado para a UPA Santa Mônica, onde medicado e não corre risco de vida. Posteriormente deve ser encaminhado a atendimento psicológico.