Buscas por Lázaro chega ao 13º dia com emprego de quase 300...

Buscas por Lázaro chega ao 13º dia com emprego de quase 300 policiais

COMPARTILHAR

As buscas por Lázaro Barbosa Sousa, 32, apontado como autor de chacina no Distrito Federal e vários outros crimes, continuam nesta segunda-feira (21). Hoje já é o 13º dia de caçada ao indivíduo que tem aterrorizado os moradores do povoado de Edilândia e distrito de Girassol, em Cocalzinho de Goiás. Ele suspeito de matar cinco pessoas, furtar carro, balear quatro pessoas, entre elas um policial militar, invadir propriedades fazendo moradores reféns.

A onda de crimes atribuídas a Lázaro teve início no dia 9 de junho. Ele teria matado o caseiro de uma fazenda de Girassol, distrito de Cocalzinho. Segundo a Polícia, dias depois ele foi o responsável pela chacina de uma família em Ceilândia (DF), ocasião em que quatro pessoas – pai, mãe e dois filhos – foram mortos.

No dia 12 de junho, ele invadiu uma propriedade e obrigou moradores a fazer comida para ele enquanto obrigava a fazer consumo de drogas. Três pessoas foram baleadas na ocasião. No dia seguinte, Lázaro invadiu outra fazenda e furtou um Corsa vermelho, ao avistar policiais fugiu a pé na região de mata em Edilândia, povoado de Cocalzinho.

Desde então, ele segue invadindo chácaras para se alimentar. Em uma das invasões, o homem fez uma família refém e baleou um militar durante troca de tiros. A Polícia conseguiu chegar a tempo e evitou a morte de três pessoas.