Caçadores são presos pela Ambiental entre Dourados e Caarapó

Caçadores são presos pela Ambiental entre Dourados e Caarapó

COMPARTILHAR

Antônio Coca

Dois caçadores, de 31 e 38 anos, foram presos por Policiais Militares Ambientais de Amambai, que trabalham na operação Hórus, na noite de sábado (17), praticando caça ilegal, com armas e munições ilegais, em uma estrada nas proximidades do rio Piratini, a cerca de 15 quilômetros de Caarapó.

Os militares realizavam fiscalização na região e abordaram os infratores, que estavam em um veículo VW Fox, onde foram encontradas armas, munições e vários materiais para caça. Foram apreendidas duas espingardas calibre 28, além de 13 munições do mesmo calibre, sete facas, uma chaira, duas lanternas, uma lima, uma corda, bem como bolsa e capas das armas e o veículo. Os homens que estavam com roupas camufladas confessaram que praticavam uma caçada na região.

Os homens que não tiveram os nomes divulgados foram encaminhados à delegacia de Polícia Civil de Caarapó, onde foram autuados em flagrante por porte ilegal de arma e munições e saíram depois de pagamento de fiança de R$ 2.200 para cada um. Se condenados poderão pegar pena de dois a quatro anos de prisão. A caçada então acabou frustrada.