Carregamento de maconha que iria para Dourados é apreendido na fronteira

Carregamento de maconha que iria para Dourados é apreendido na fronteira

COMPARTILHAR
Por fora, um caminhão de trabalho.

Antônio Coca

A Polícia Militar de Aral Moreira apreendeu na manhã desta quinta-feira (15) um grande carregamento de maconha que estava sendo transportado em um fundo falso na carroceria de um caminhão Mercedes Benz com placas BWY-7674/SP de Presidente Prudente, estacionado em uma borracharia na região central da cidade.

O caminhão era conduzido por Sidney Barbosa Brites de 51 anos e junto com ele estava Ely Mattos Fukushima de 49 anos. Durante a abordagem Sidney disse que estava no regime Semiaberto onde cumpria pena por tráfico de droga. Logo depois ele confessou que havia maconha escondida na carroceria ao perceber que os militares já haviam descoberto o carregamento.

Com os dois homens presos o caminhão foi levado para o entorpecente ser retirado com ajuda do Corpo de Bombeiros, do local onde estava escondido, sendo preciso serrar boa parte da estrutura da carroceria para ter acesso a 775 tabletes de maconha que pesaram ao todo 773 quilos e 400 gramas da droga.

Sidney alegou que pegou o caminhão no distrito de Vila Marques em Aral Moreira de uma pessoa identificada apenas como Paraguaio e que entregaria a maconha em Dourados em uma churrascaria e receberia R$ 7 mil pelo transporte. Já Ely é apontado como a pessoa que seria o batedor da carga.

Os dois foram presos em flagrante e autuados por tráfico de drogas na Polícia de Aral Moreira e a maconha encaminhada para Ponta Porã, já que em Aral Moreira não havia estrutura adequada para armazenar a droga.

Por dentro, foi preciso Bombeiros para cortar carroceria.