Carro usado na execução de empresário foi queimado na saída para São...

Carro usado na execução de empresário foi queimado na saída para São Paulo

COMPARTILHAR
Carro destruído em meio a soja (Foto: Whatsapp)

Um veículo aparentemente Ônix, foi encontrado esta tarde completamente carbonizado em uma plantação de soja em área que liga as rodovias MS-040 e BR-163. A Região também é conhecida como “cabriteira do Posto Charrua” na saída para São Paulo. Para a polícia, o veículo foi usado na execução de empresário ocorrida na madrugada de ontem

Embora ainda dependa de confirmação por parte de perícia, indícios apontam, segundo a polícia, que o veículo tenha sido o utilizado pelos matadores do empresário de mineração, Claudio Simão (47), executado com tiros de pistola 9 milímetros pouco antes de 1h de quinta-feira (15). A vítima, o filho e um amigo chegavam na casa procedente do Aeroporto Internacional, após Claudio ter chegado de viagem a trabalho no Rio de Janeiro.

Peritos tentam identificar pista (Fotos:Geyse Garnes/Campograndeneew)

O Ônix incendiado foi avistado por um produtor que avisou a Polícia Militar sobre o veículo destruído em meio a plantação. Confirmada a situação a equipe da PM acionou a Polícia Civil e perícia, sendo o caso atendido por equipes do GOI que investigam o crime. A execução de Claudio aconteceu no portão da garagem da casa dele na Rua Patagônia, Jardim Bela Vista.

No ataque, o filho do empresário, com 23 anos, foi atingido no pulmão e está internado em estado grave na Santa Casa de Campo Grande. O amigo da família e que estava no veículo, foi atingido por estilhaços de vidro e não precisou ser socorrido.

Execuções

A execução de Cláudio é a quarta ocorrida em Campo Grande nos últimos meses e acontecem nos moldes das execuções que registradas na fronteira. Nesse, como na execução mais recente, de Orlando da Silva Fernandes (41), o “Orlando Bomba”, morto a tiros de fuzil, em que dois veículos ocupados pelos pistoleiros foram incendiados, o Ônix foi destruído e na mesma região onde foi incendiado um dos carros usados na morte de “Orlando Bomba”.

Veículo deverá ser levado para Instituto de Criminalística.