Casa invadida por drogados pega fogo no Ana Maria do Couto

Casa invadida por drogados pega fogo no Ana Maria do Couto

COMPARTILHAR
Imagem ilustrativa

Uma casa no Residencial Ana Maria do Couto, ocupada por moradores de rua e usuários de drogas, pegou fogo ao amanhecer deste domingo (28) mobilizando moradores e Corpo de Bombeiros. O fogo pode ter sido provocado pelos usuários acendendo amontoados de lixo no local como forma de se aquecerem.

Moradores temiam que as chamas se alastrassem atingindo outras casas e se mobilizaram chamando os Bombeiros ao mesmo tempo tentando combater as chamas. Alguns moradores reclamaram da demora dos Bombeiros, lembrando da existência de uma Unidade na Avenida Júlio de Castilho e outra no Bairro Cerradinho, mas o atendimento teria sido feito por equipes do quartel do Bairro Coronel Antonino, o que justificaria a suposta demora. Por se tratar de fim de semana, não há como obter informação junto ao Comando do Corpo de Bombeiros.

Agora pouco o Corpo de Bombeiros foi chamado de volta ao local pois o fogo reacendeu. A grande quantidade de entulho no local facilita a propagação do fogo.

Sábado, um “atentado”

Na manhã de sábado o Corpo de Bombeiros atendeu um caso de suposto incêndio criminoso em um veículo estacionado na garagem de residência na rua Porto Franco, Parque dos Novos Estados. A proprietária de Ford Ka branco placas de Campo Grande, foi alertada por vizinhos de que o carro estava pegando fogo na garagem da casa.

A proprietária começou a apagar as chamas ao mesmo tempo em o Corpo de Bombeiros era acionado chegando rapidamente ao local e extinguindo o fogo. Foi constatado no veículo a existência de vários palitos de fósforos e resquício de liquido derramado, além dos retrovisores estarem jogados no meio da rua.

Bebida e narguilé

Conforme registro do caso na polícia e será apurado em inquérito, a proprietária do veículo que mora no segundo imóvel do terreno e a mãe na casa da frente, ao chegar em casa por volta de 22h constatou que o sobrinho Luís estava no local acompanhado de amigos, consumindo bebida alcoólica e  tabaco com narguilé, ocupando a garagem onde ela guarda o veículo.

Ela então, conforme a polícia, pediu aos rapazes que se acomodassem em outro espaço no pátio, pois, estavam na vaga do carro na garagem. Eles se retiraram para outro espaço, mas, a vítima ao se dirigir para a casa dos fundos acabou esbarrando no narguilé de um dos amigos do sobrinho, conhecido como “Baixinho”.

Irritado, ele passou a discutir com a vítima que pediu desculpas explicando que o esbarrão foi sem querer. O indivíduo continuou com ofensas, tendo a proprietária do carro e da casa dito que se não estivesse se sentindo bem ali, procurasse outro local. Pela manhã, o carro estava incendiado.