Choque da PM prende mulheres e estoura entreposto de drogas na Vila...

Choque da PM prende mulheres e estoura entreposto de drogas na Vila Palmira

COMPARTILHAR
Farejadores levaram Choque ao entreposto na Palmira. (Divulgação)

Em fiscalização de bagagens e passageiros no Terminal Rodoviário de Campo Grande, policiais militares do Canil do Batalhão de Choque – BPChoque, com apoio da Guarda Civil Metropolitana prenderam duas mulheres de 19 e 23 anos, moradoras em Rondonópolis, Mato Grosso, que transportavam pacotes de maconha. A dupla foi abordada na fila de embarque de ônibus da linha Campo Grande/Goiânia.

Após os cães de faro sinalizarem para a existência de entorpecentes nas malas da dupla, estas foram abertas e confirmado o tráfico. Janaína (19) tinha sua mala 54 pacotes de Skank pesando 13,4 quilos enquanto Kamila, de 23 anos, transportava 65 pacotes da mesma droga pesando 16,2 quilos. A mulheres e droga foram encaminhadas para a Polícia Civil.

Questionadas sobre o flagrante, as duas confessaram atuação no tráfico afirmando que vieram a Campo Grande através de caronas com caminhoneiros desde a cidade de Rondonópolis, vindo apenas para buscar o entorpecente e levar até Goiânia onde receberiam R$ 2,5 mil.

Entreposto na Vila Palmira

Em meio a contradições as mulheres revelaram ter recebido a droga em uma casa localizada na Vila Palmira, no grande Santo Amaro. A equipe do Choque esteve na casa e em vistoria com o trabalho dos cães farejadores encontrou três malas contendo 36 tabletes grandes de maconha, 21 pacotes da droga triturada e ainda 22 tabletes de haxixe e 63 pacotes de Skank totalizando 142 volumes e 36,8 quilos.

Para os policiais que atuaram na operação, a casa estava sendo utilizada por traficantes como um entreposto de entorpecentes. Ninguém foi encontrado na casa.

Cães farejadores “não perdem viagem”.