Chovia muito quando avião caiu em fazenda de Brasilândia

Chovia muito quando avião caiu em fazenda de Brasilândia

COMPARTILHAR

A Polícia Civil continua no local, fazenda no município de Brasilândia, onde pela manhã caiu a aeronave Bonanza matrícula PT-IEL, pilotada pelo pecuarista Danilo Cesar Carromeu Domingues, de 46 anos. De acordo com o delegado de polícia de Brasilândia, Thiago Passos, responsável pelos levantamentos no local do sinistro, ainda é aguardada a chegada da perícia para que em seguida o Corpo de Bombeiros faça o desencarceramento do corpo da vítima nas ferragens.

Restaram apenas destroços da aeronave

Conforme o delegado, chove no local do acidente, uma área de difícil acesso e testemunhas do acidente já foram ouvidas preliminarmente em uma instalação improvisada de escola rural na fazenda. De acordo com o delegado, testemunhas relatam que no momento do acidente chovia muito na região.

Além disso, as testemunhas contam que o avião perdia altura rapidamente e voando de forma instável. Thiago Passos detalhou ainda que contou com apoio de militares da FAB que estão no local com duas aeronaves e que haviam seguido para a região após alerta através de sistema de comunicação.

Após alerta Esquadrão Pelicano foi para a região, mas aeronave já havia caido. (Fotos:Divulgação

Segundo a FAB a aeronave seguia para Coxim, mas consta que o piloto possui familiares em Rio Verde de Mato Grosso. De acordo ainda com o delegado Passos, o caso é apurado em inquérito da Polícia Civil, mas as causas do acidentes deverão ser definidas pelos técnicos do CENIPA que estarão no local na quarta-feira.