Chuva extermina últimos focos de incêndio no Cerro Corá

Chuva extermina últimos focos de incêndio no Cerro Corá

COMPARTILHAR
Vida de volta na região.

Antônio Coca

A chuva que caiu nesta quinta-feira (26) em toda a região de fronteira ajudou a apagar os últimos focos do incêndio que destruiu mais de 70 por cento do Parque Nacional de Cerro Corá entre as cidades de Pedro Juan Caballero e Yby Jaú. As chamas atingiram também Lorito Picada e até o Chiriguelo a cerca de 20 quilômetros de Ponta Porã.

Por mais de uma semana homens e mulheres do Corpo de Bombeiros Voluntários do Departamento de Amambay, de outros departamentos e voluntários lutaram contra as chamas que consumiram a vegetação nativa, pastagens e plantações, matando centenas de animais silvestres, ovinos, bovinos e outros animais na região.

De acordo dados meteorológicos a precipitação foi de cerca de 10 milimetros, mas o suficiente para apagar as últimas chamas que avançavam em várias regiões, inclusive no Chaco paraguaio.

Durante o trabalho de combate ao incêndio florestal os bombeiros e voluntários receberam a ajuda da população fronteiriça com a doação de água, hidratantes, gomas de mascar e balas, colírios e até combustíveis, além de alimentação e a Universidade Central do Paraguai (UCP) disponibilizou três unidades móveis de resgate e equipes de urgência e emergência que fizeram centenas de atendimentos médicos.

Neste final de semana os bombeiros devem fazer um rescaldo e uma avaliação do total destruído e a esperança é que a chuva continue pelos próximos dias para evitar novos focos e o reinicio das chamas em alguns locais que ainda estão muitos secos devido aos mais de 50 dias sem chuva.

Dias e noites de destruição.